Sign In

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE ITAQUAQUECETUBA


Dirigente: Marli Rodrigues Siqueira
Rua Jundiaí, 84 - Vila Monte Belo
CEP 08577-320 - Itaquaquecetuba - SP – Brasil
Email: deitq@educacao.sp.gov.br
Telefone: (11) 4732-9500
A+
A-

DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO DE ITAQUAQUECETUBA

 

 

 

Edital de Credenciamento para Atuação nos Centros de Estudo de Línguas (CEL)

 

Unidades:     Cel Jornalista Paulo Eduardo Olintho Rehder (Poá)

Endereço: Rua São Francisco, 280 – Vila Ruth (4636.0102/ 4638.3355)

 

                        Cel Zilda Braconi (Itaquaquecetuba)

Endereço: Rua Batatais, 38 – Vila Bartira (4640.2275/ 4647.5871)

 

 

A Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino da Região de Itaquaquecetuba, em atendimento às disposições da  Resolução SE-75/2013, Resolução SE 44/2014 e Portaria CGRH 07 de 26/08/2015, torna pública a abertura de inscrições para o processo de credenciamento de docentes interessados em atuar nos Centros de Estudos de Línguas jurisdicionados a esta Diretoria de Ensino, para preenchimento de vagas remanescentes. Os candidatos classificados nos termos deste edital concorrerão às vagas após o atendimento dos classificados no processo anterior do edital de 20/10/2015.

 

I.              Dos idiomas

 

  1. Inglês
  2. Espanhol
  3. Japonês

     

II.            Da inscrição

1)    datas, horários e locais:

Dias: 22/01/2016 e 25/01/2016.

Horário: 09h00min às 12h00min e das 13h00min às 16h00min. 

Local: Diretoria de Ensino Região de Itaquaquecetuba - Rua Jundiaí, Nº 84 – Monte Belo – Itaquaquecetuba – SP – Sala 15 - Centro de Recursos Humanos - Telefone: 4732-9500.

 

 ENTREGAR UM ENVELOPE COM A FICHA DE CREDENCIAMENTO CONSTANTE NO ANEXO D DEVIDAMENTE PREENCHIDA NOS CAMPOS DESTINADOS AO DOCENTE, COM TODA A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA NO ITEM 3 DO PRESENTE EDITAL.

 

2)    requisitos: 

 

a) ser portador de Licenciatura Plena em Letras, com habilitação na língua estrangeira objeto da docência ou

b) ser portador de Licenciatura Plena em qualquer componente curricular ou, nesta ordem sequencial, de Diploma de Nível Superior, do qual constem 160 (cento e sessenta) horas de estudos de uma das disciplinas da base nacional comum, com certificado de conclusão de curso específico de, no mínimo, 360 (trezentos e sessenta) horas no idioma pretendido, em que comprove as competências e as habilidades de leitura, escrita, conversação, fluência e entendimento exigidos no idioma a ser ministrado ou

c) aluno do curso de Licenciatura Plena em Letras, preferencialmente do último ano, com habilitação na língua estrangeira objeto da docência ou

d) portador de Diploma de Curso de Nível Superior com comprovação de exame de proficiência linguística no idioma a ser ministrado.

e) estar devidamente inscrito para o processo de atribuição de aulas e também inscrito, especialmente para este projeto em 2016, na Diretoria de Ensino da Região de Itaquaquecetuba.

f) estar devidamente classificado no processo de atribuição de aulas na Diretoria de Ensino da Região de Itaquaquecetuba em 2016.

 

3)    documentação:

 

No ato da inscrição para credenciamento o interessado deverá apresentar a documentação abaixo em envelope devidamente identificado com nome e RG:

  1. Requerimento de inscrição devidamente preenchido pelo candidato;
  2.  RG (cópia acompanhada do original);
  3.  CPF (cópia acompanhada do original);
  4.  Diploma do curso de Licenciatura Plena em Letras, ou Certificado de conclusão do referido curso com habilitação na língua estrangeira pretendida e respectivo Histórico Escolar (cópias acompanhadas dos originais) ou
  5.  Diploma de outras licenciaturas e respectivo histórico escolar ou Diploma de Curso Superior em outra área acompanhado do respectivo Histórico Escolar e Certificado de curso específico no idioma pretendido, comprovando as competências e as habilidades de leitura, escrita, conversação e entendimento oral exigidos no idioma a ser ministrado (cópias acompanhadas dos originais) ou
  6.  Atestado/declaração de matrícula, em 2015, no último ano do curso de Licenciatura Plena em Letras, com habilitação na língua estrangeira objeto da docência, expedido pela instituição de ensino superior que estiver oferecendo o curso (original);
  7.  Diploma de Curso de Nível Superior acompanhado do respectivo Histórico Escolar e comprovante de exame de proficiência linguística no idioma pretendido;
  8.  Declaração atualizada de tempo de serviço, em dias, exercido em Centro de Estudos de Línguas da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (anexo A);
  9.  Declaração atualizada de tempo de serviço, em dias, exercido no Magistério Público da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo ou em outra esfera pública, no campo de atuação referente às aulas a serem atribuídas (anexo B);
  10. Declaração atualizada de tempo de serviço, em dias efetivamente trabalhados, exercido na docência do idioma objeto de inscrição em instituição privada, desde que de renomada competência (anexo C);
  11.  Declaração atualizada de assiduidade no Magistério Público Oficial da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, referente ao período de 01/07/2014 a 30/06/2015, fornecida pelo diretor da escola (anexo B);
  12.  Certificado de curso presencial de língua estrangeira e/ou extensão cultural, com carga mínima de 30 (trinta) horas, comprovadamente realizado nos últimos 4 anos (data base 05/10/2015), em país estrangeiro ou no Brasil, por instituições de reconhecida competência (cópia acompanhada do original);
  13.  Comprovante de participação em orientação técnica promovida pela SEE, nos últimos 4 anos (data base 05/10/2015), em parceria com instituições de renomada competência (cópia acompanhada do original);
  14. Diploma de mestre ou título de doutor na língua estrangeira objeto da docência (cópia acompanhada do original);
  15.  Comprovante de inscrição para o processo de atribuição de aulas em 2016 na Diretoria de Ensino da Região de Itaquaquecetuba ( cópia e original) com opção para o Projeto da Pasta objeto deste edital.

 

III - Da pontuação

 

  1. Quanto ao tempo de serviço:

    1) tempo de serviço exercido em Centro de Estudos de Línguas da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, contados até a data base de 30/06/2015: 0,005 por dia (ANEXO A);

    2) tempo de serviço exercido no Magistério Público da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo no campo de atuação referente a aulas do ensino fundamental e/ou médio, contados até a data base de 30/06/2015: 0,001 por dia (ANEXO B);

    3) tempo de serviço exercido no Magistério do ensino fundamental e/ou médio de qualquer esfera pública, contados até a data base de 30/06/2015: 0,001 por dia (ANEXO B);

    4) tempo de serviço na docência do idioma em que se inscreve, exercido em instituição privada, desde que de renomada competência, contados em dias efetivamente trabalhados até a data base de 30/06/2015: 0,002 por dia (ANEXO C);

    b) Quanto aos títulos específicos para o idioma pretendido:

    1) curso de língua estrangeira e/ou extensão cultural, com carga mínima de 30 (trinta) horas, comprovadamente realizado nos últimos 4 anos (data base 05/10/2015- data máxima da conclusão), no Brasil ou no exterior, por instituições de reconhecida competência: 1 (um) ponto por curso até o máximo de 3 (três) pontos;

    2) orientação técnica promovida pela CGEB, nos últimos 4 anos (data base 05/10/2015- data máxima da conclusão), em parceria com instituições de renomada competência: 1 (um) ponto por curso até o máximo de 5 (cinco) pontos;

    3) certificado de exame de proficiência, último nível ou grau, no idioma em que se inscreve, através de documento expedido por instituição de renomada competência 3 (três) pontos:

    4) diploma de mestre ou título de doutor na língua estrangeira objeto da docência:5 (cinco) ou 10 (dez) pontos, respectivamente, (não cumulativos);

    5) assiduidade no Magistério Público Oficial da Secretaria de Estado da Educação, no período de 01/07/2014 a 30/06/2015, com comprovada atuação de, no mínimo, 300 (trezentos) dias de exercício:
    1. Sem registro de qualquer ausência no referido período: 5 (cinco) pontos;
    2. Com registro de até 03 abonos de falta: 3(três) pontos;
    3. Com registro de 04 até 06 abonos de falta: 2(dois) pontos;
    4. Com registro de qualquer número de falta justificada, injustificada, médica, licença ou afastamento a qualquer título ou quantidade inferior a 300 (trezentos) dias de exercício no referido período: zero ponto.

       

      IV - Da classificação

       

      1) Os candidatos inscritos serão classificados em ordem decrescente, de acordo com o total da pontuação obtida, respeitando-se a ordem de prioridade quanto à habilitação/qualificação e situação funcional, conforme o disposto na legislação pertinente à atribuição de aulas em vigor.

      2) ) Em caso de empate, aplicar-se-á o disposto no Artigo 8º da Portaria DRHU 2, de 20/01/2009, na seguinte ordem de critério:

       

      I – pelo maior tempo de serviço no Magistério Público Oficial da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo;

      II – por encargos de família (maior número de dependentes);

      III – pela maior idade.

       

      Após a classificação inicial, todos os candidatos, inclusive aqueles que apresentaram comprovantes de proficiência no idioma ou diploma de mestre ou título de doutor, serão submetidos à entrevista, de caráter eliminatório, com a apresentação de um projeto específico para o idioma pretendido e execução de uma aula prática, que serão avaliados por uma banca composta pelo Supervisor de Ensino responsável pelo CEL, Diretores das escolas correspondentes, Professores Coordenadores e Docentes dos CEL. Sabendo que a entrega das propostas, entrevistas e aulas práticas ocorrerão no dia 02/02/2016, às 09h, antecedendo a atribuição de aulas para o 1º Semestre letivo de 2016.                                                          O tema para a apresentação da aula prática será de livre escolha do candidato. Considerar-se-á o projeto apresentado, o planejamento da aula, a didática e a fluência/proficiência no idioma, sendo atribuído à entrevista/aula prática o conceito final de 01 (um) a 5 (cinco).

       

      V- Divulgação dos Resultados: no site da diretoria de ensino deitaquaquecetuba.educacao.sp.gov.br

       
  •  26/01/2016: relação dos credenciamentos indeferidos;
  •  27/01/2016: interposição de recurso que deverá ser entregue no setor de protocolo;
  •  28/01/2016: 1ª classificação;
  •  29/01/2016: interposição de recursos da 1ª classificação
  •  01/02/2016: classificação final

    Os credenciamentos deferidos permanecerão válidos durante o ano letivo de 2016

    VI - Das disposições finais

    1) Os documentos exigidos neste Edital deverão ser apresentados no ato da inscrição, posteriormente não será realizada juntada de documentação.

    2) O ato de Inscrição no Processo de Credenciamento implica a aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições constantes no presente Edital e conhecimento da legislação específica.

    4) O resultado do Credenciamento de docentes para atuar junto ao Centro de Estudos de Línguas jurisdicionados a esta Diretoria de Ensino será divulgado após a entrevista e a aula prática dos candidatos aos quais elas se aplicarem;

    5) A atribuição de aulas será realizada conforme cronograma a ser publicado pela SEE/SP, no ano letivo de 2016, em data a ser oportunamente divulgada.

    6) Os casos omissos serão resolvidos por uma comissão composta pelos Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores Coordenadores responsáveis pelos Centros de Estudos de Línguas jurisdicionados a esta Diretoria de Ensino.

     

    Itaquaquecetuba, 21 de janeiro de 2016.

 

 

 

MARLI RODRIGUES SIQUEIRA

 

                                                                                                  Dirigente Regional de Ensino da Região de Itaquaquecetuba



ANEXO A  /  B  /  C  /  D  -  clique aqui